O diretor do Planeta de Todos, André Naddeo, juntamente com outros dois membros da equipe estão, desde a última segunda-feira, dia 7 de março, em Kosice, segunda maior cidade da Eslováquia, a cerca de 100 km da fronteira com a Ucrânia.

Desde o início do conflito, mais de 140.700 pessoas deram entrada na fronteira da Ucrânia com a Eslováquia. Na estação de Kosice se concentram mais de 100 mil dessas pessoas.

“Viemos até essa região para prestar ajuda humanitária aos refugiados. Claro, sem distinção de nacionalidade, raça, gênero ou religião. Nos próximos dias, vamos relatar pelas redes sociais e pelo site tudo o que estamos vendo e vivendo”, afirma o diretor.

O Planeta de TODOS estará na região do conflito até o dia 15 de março prestando serviços humanitários. Ao mesmo tempo, a equipe viajou com equipamentos que garantem boa qualidade de transmissão de áudio e vídeo, além de energia e conexão, para registrar e divulgar fatos importantes da guerra e, especialmente, a situação dos refugiados.